18 de outubro de 2010

“Todos os dias ela faz tudo sempre igual ...”



Ninguém como o Chico Buarque para cantar a rotina tão bem ...
Ah! Se a rotina fosse como uma música do Chico... Na verdade a rotina de uma mãe está mais para “rage against the machine” do que para qualquer bossa!
Acordar às seis da manhã, tudo bem ... é igual à música do Chico, mas o café e o sabor de hortelã só vêm depois de levantar a pequena pessoa do berço (haja coluna), depois levá-la ao trocador, tirar a fralda, que depois de uma noite toda está com cerca de 1Kg de xixi+gel, limpar o bumbum da lindona, passar a pomada para evitar assaduras, fechar a fralda, tudo isso tentando driblar as mãozinhas espertas da fralda suja e do tubo de pomada (isso é importante na fase em que o bebê leva tudo para a boca!), enquanto as perninhas literalmente saltam de um lado para o outro, tornando o ofício de trocar fraldas uma valsa de pura “rage”!
Depois ... café?
Não, ainda não ...
Primeiro coloca-se a pessoinha no carrinho, sentar de primeira é impossível ! As pernas sempre travam nas beiradas e depois de relutar para sentar, é necessário prender o cinto de segurança ... (para tomar café?). Sim! Da última vez que não fiz o procedimento correto, tive que resgatar a bebê em meio a uma flexão de braço na barra de proteção do carrinho ... SORTE que os bracinhos estão fortes!
Mas e daí vem o café?
Não, ainda não ...
Depois de bem segura no carrinho, vem a frutinha da manhã. Quem já alimentou um bebê sabe ... a meleca faz parte! Boca, mão, nariz, orelha, cabelo (a minha tem muuuuito cabelo), pé ... TUDO! Exatamente tudo fica sujo depois da papinha!
Como? Vou explicar em dois passos:
1)      A colher nunca entra na boca de primeira, então esbarrar dos lados é praxe! Às vezes o balanço da cabeça é de cima para baixo ... aí o nariz não escapa!
2)      Encaixada a colher na boca, a mão vem para ajudar a deglutição, nisso a mãe vira para pegar o guardanapo e aí ... a mão já foi no cabelo/orelha/ pé/olho/ carrinho/ cachorro/ roupa da mãe/ o que tiver mais perto.
Bom, depois de terminada a frutinha da manhã e a limpeza final da pequena vem o café!
Não, ainda não ...
Tudo o que entra ... SAI! É bem provável que logo depois (às vezes até durante) a frutinha da manhã venha o primeiro presente do dia ...  daí vem a parte de trocar a fralda de novo, que não vou relatar repetitivamente.
Finalmente, vem o café! Abençoado café ... dois minutos de bossa ... para mais outras horas de “rage against the little sweet machine”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário